O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira, 2, com 63 votos favoráveis e 1 abstenção, o PLS 105/11, que inclui as atividades de advocacia no regime simplificado de tributação conhecido como Simples Nacional ou Supersimples. O projeto agora segue para a Câmara.

A proposta tramitava em conjunto com outros sete PLs que acrescentam atividades ao sistema, mas, atendendo a pedido da OAB, Ciro Nogueira, autor do projeto, solicitou sua separação para agilizar a tramitação.

O Supersimples, em vigor desde 2007, permite o recolhimento, em uma única guia, de impostos e contribuições federais, estaduais e municipais, além da contribuição para entidades de serviço social e de formação profissional.

Fonte: Agência Senado

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.