Em meio a muita polêmica e pressão de artistas e cantores, o Senado aprovou ontem em primeiro turno proposta que isenta de impostos os CDs e DVDs produzidos no Brasil que tenham obras de autores ou intérpretes brasileiros.

Conhecida como PEC (proposta de emenda constitucional) da Música, o objetivo da matéria é reduzir o preço dos CDs e DVDs para diminuir a pirataria no país.

A proposta ainda precisa ser aprovada em segundo turno antes de seguir para sanção da presidente Dilma Rousseff. A votação deve ocorrer na semana que vem.

A imunidade tributária é a mesma que vale para livros, jornais e periódicos. Congressistas favoráveis à PEC afirmam que ela vai reduzir em 25% os custos dos CDs e DVDs comercializados no país com produção nacional, em média.

Fonte: FOLHA DE S. PAULO – PODER – ILUSTRADA

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se a discussão?
Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.