Cade autoriza venda da participação da Petrobras em eólica para FIP Pirineus

13 de abril de 2021

Refinaria da Petrobras em Paulínia (SP)
Refinaria da Petrobras em Paulínia (SP)

Com isso, o FIP Pirineus, que já tinha 49% da eólica, passa a deter o controle unitário do empreendimento. Acordo foi feito em fevereiro, por R$ 32,97 milhões

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição da participação de 51% da Petrobras na Eólica Mangue Seco 2 pelo FIP Pirineus. A decisão está publicada no Diário Oficial da União (DOU).

Com isso, o FIP Pirineus, que já tinha 49% da eólica, passa a deter o controle unitário do empreendimento. O acordo foi assinado pelas empresas em fevereiro, no valor de R$ 32,97 milhões.

Além do Cade, a conclusão da transação, segundo a estatal, ainda está sujeita a aprovação pelo Banco do Nordeste do Brasil, financiador do parque eólico.

A Eólica Mangue Seco 2, que detém e opera um parque eólico com capacidade de 26 MW, faz parte de um complexo de quatro parques eólicos localizado em Guamaré (RN), com capacidade instalada total de 104 MW.

Fonte: Estadão Conteúdo